Google+ Lei que extingue a família será votada na próxima semana. Entenda essa lei: - Rabiscos de Deus - Romance de Aluisio Nogueira

domingo, 30 de junho de 2013

Lei que extingue a família será votada na próxima semana. Entenda essa lei:

PL122 SERÁ VOTADA ESTA SEMANA
      
Essa é a proposta que a Sen. Marta Suplicy. Quem acha que está certo, fica por isso mesmo, mas se não concordar, compartilhe com amigos nas redes sociais!

PEC elaborada pela OAB?!!!
É essa a Proposta de Emenda à Constituição que a Senadora Marta Suplicy e a Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB estão elaborando para o nosso País.


Principais pontos:

- Acabar com a família tradicional
- Retirar os termos “pai” e “mãe” dos documentos
- Acabar com as festas tradicionais das escolas (dia dos pais, das mães)
para “não constranger” os que não fazem parte da família tradicional – A partir de 14 anos, os adolescentes disporão de cirurgia de mudança de sexo custeada pelo SUS

- Cotas nos concursos públicos para homossexuais etc…

Eis o texto: Nota: O Blog esclarece:

"A matéria é fiel à íntegra e não se trata de editorial do blog. Porém, por questões de ética Cristã, decidimos retirar do texto as palavras inadequadas e que não estão de acordo com os princípios que adotamos. Consideramos alguns apontamentos e críticas ao Tom da matéria e por decidimos retirar os termos inadequados que davam um Tom Irônico e até preconceituoso ao texto, o que entendemos que pode prejudicar a seriedade e gravidade da notícia, levando o leitor a discussões em termos de preconceito e não, de fato, às questões importantes que o texto revela em relação a essa Lei e as discussões importantes e que não são do conhecimento da maioria do povo brasileiro.

Reafirmo nossa posição de respeito a quem quer que seja, em relação ao exercício da cidadania, sem discriminação de orientação sexual, racial ou qualquer outro tipo de comportamento constitucional".
       
“A senadora Marta Suplicy (PT-SP) elogiou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), elaborada pela Comissão Especial de Diversidade Sexual
da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que quer ampliar privilégios ao grupo LGBTT. O texto tem a pretensão de introduzir na Constituição todas as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que favoreceram a agenda gay, inclusive a garantia de união estável de homossexuais, com direito à conversão em casamento e adoção de crianças.

De acordo com a agência de notícias do Senado, “a PEC tem como um de seus principais ponto a criminalização da homofobia e estabelece a pena de dois a cinco anos de reclusão para aqueles que praticarem atos de discriminação e preconceito em virtude da orientação sexual de alguém. A mesma punição se estende aos que incitarem o ódio ou prega rem [contra a] orientação sexual ou identidade de gênero”.

Com a aprovação da PEC, a própria Constituição do Brasil se transformará num PLC 122. Mas Suplicy reconhece que a tentativa de transformar a Constituição do Brasil numa constituição anti-“homofobia” certamente enfrentará resistência de “setores como o da igreja”. A senadora acredita que, estrategicamente, será importante aprovar primeiro o PLC 122/2006, pois sua tramitação está mais avançada, tendo já sido aprovado na Câmara dos Deputados e restando apenas a votação no Senado. O segundo passo, na avaliação de Marta, é apresentar a PEC, que é uma matéria mais ampla e complexa. “A PEC é bem mais difícil de aprovar. Então, vamos começar com a homofobia e avaliar o momento adequado para fazer uma PEC com essa amplitude, que é realmente o sonho que nós gostaríamos para todo o país”, explicou a senadora à agência do Senado.

O Estatuto da Diversidade Sexual conta com 109 artigos, que alteram 132 dispositivos legais. O Estatuto criminaliza a fobia, reconhece o direito à livre orientação sexual e iguala os direitos fundamentais entre heterossexuais e LGBTTs.

Eis alguns dos pontos polêmicos que o Estatuto da Diversidade Sexual propõe:

Legitimação da PEDOFILIA e outras anormalidades sexuais:
Título III, Art. 5º § 1º – É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.

Sob essa lei, a família nada poderá fazer para inibir um problema sexual nos filhos. A sociedade nada poderá fazer. E autoridades governamentais que ainda restarem com um mínimo de bom senso estarão igualmente impedidas de “interferir”.

Retirar o termo PAI E MÃE dos documentos:

Título VI, Art. 32 – Nos registros de nascimento e em todos os demais documentos identificatórios, tais como carteira de identidade, título de eleitor, passaporte, carteira de habilitação, não haverá menção às expressões “pai” e “mãe”, que devem ser substituídas por “filiação”. Essa lei visa beneficiar diretamente os ajuntamentos homossexuais desfigurados tratados como família. Para que as crianças se acostumem com “papai e papai” ou “mamãe e mamãe”, é preciso eliminar da mente delas o normal: “papai e mamãe”.

Começar aos 14 anos os preparativos para a cirurgia de mudança de sexo aos 18 anos (pode começar com hormônios sexuais para preparar o corpo):

Título VII, Art. 37 – Havendo indicação terapêutica por equipe médica e multidisciplinar de hormonoterapia e de procedimentos complementares não-cirúrgicos, a adequação à identidade de gênero poderá iniciar-se a partir dos 14 anos de idade.

Título VII, Art. 38 – As cirurgias de redesignação sexual podem ser realizadas somente a partir dos 18 anos de idade.

Cirurgias de mudança de sexo nos hospitais particulares e no SUS:

Título VII, Art. 35 – É assegurado acesso aos procedimentos médicos, cirúrgicos e psicológicos destinados à adequação do sexo morfológico à identidade de gênero.

Parágrafo único R 11; É garantida a realização dos procedimentos de hormonoterapia e transgenitalização particular ou pelo Sistema Único de Saúde – SUS.

Uso de banheiros e vestiários de acordo com a sua opção sexual do dia: (?)

Título VII, Art. 45 – Em todos os espaços públicos e abertos ao público é assegurado o uso das dependências e instalações correspondentes à identidade de gênero. Não é permitido deixar de ser homossexual com ajuda de profissionais nem por vontade própria: Titulo VII, Art. 53 – É proibido o oferecimento de tratamento de reversão da orientação sexual ou identidade de gênero, bem como fazer promessas de cura.

O Kit Gay será desnecessário, pois será dever do professor sempre abordar a diversidade sexual, consequentemente, pode estimular a prática:

Título X, Art. 60 – Os profissionais da educação têm o dever de abordar as questões de gênero e sexualidade sob a ótica da diversidade sexual, visando superar toda forma de discriminação, fazendo uso de material didático e metodologias que proponham a eliminação da homofobia e do preconceito.
Contos infantis que apresentem casais heterossexuais devem ser banidos se também não apresentarem duplas homossexuais travestidas de “casais:

Título X, Art. 61 – Os estabelecimentos de ensino devem adotar materiais didáticos que não reforcem a discriminação com base na orientação sexual ou identidade de gênero.
As escolas não podem incentivar a comemoração do Dia dos Pais e das Mães:

Título X, Art. 62 – Ao programarem atividades escolares referentes a datas comemorativas, as escolas devem atentar à multiplicidade de formações familiares, de modo a evitar qualquer constrangimento dos alunos filhos de famílias homoafetivas.

Cotas nos concursos públicos para homossexuais assim como já existem para negros no RJ, MS e PR e cotas em empresas privadas com já existe para deficientes físicos:

Título XI, Art. 73 – A administração pública assegurará igualdade de oportunidades no mercado de trabalho a travestis e transexuais, transgêneros e intersexuais, atentando ao princípio da proporcionalidade.

Parágrafo único – Serão criados mecanismos de incentivo a à adoção de medidas similares nas empresas e organizações privadas.

Casos de pedofilia homossexual irão correr em segredo de justiça:

Título XIII, Art. 80 – As demandas que tenham por objeto os direitos decorrentes da orientação sexual ou identidade de gênero devem tramitar em segredo de justiça.

Censura a piadas sobre gays:

Título XIV, Art. 93 – Os meios de comunicação não podem fazer qualquer referência de caráter preconceituoso ou discriminatório em face da orientação sexual ou identidade de gênero.

“O Estatuto da Diversidade Sexual é um avanço. Isso nunca havia sido pensado em relação às questões LGBT”, reconheceu Marta Suplicy, classificando-o como de importância “inquestionável”.

O Estatuto defende que o Estado é obrigado a investir dinheiro público para homossexuais que querem caros procedimentos de reprodução assistida por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e também o Estado é obrigado a criar delegacias especializadas para o atendimento de denúncias por preconceito sexual contra homossexuais, atendimento privado para exames durante o alistamento militar e assegura a visita íntima em presídios para homossexuais e lésbicas.
       
NÃO VAMOS DEIXAR ISSO ACONTECER! É O FIM DA FAMÍLIA.
O POVO BRASILEIRO TEM QUE SABER E REAGIR, ANTES QUE SEJA TARDE DEMAIS.









22 comentários:

  1. Não concordo sou contra PLC122, #Fora Marta Suplicy e sua corja!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não concordo! Esta mulher é uma bruaca e ganha muito bem para zelar pelo bem do povo e não ficar enchendo linguiça com projetos indecentes como este!
      Agora decidiram que é tudo para os gays é!
      Ou seja, conquistas que o homem demorou milênios para conseguir, eles querem conquistar a toque de caixa passando por cima de tudo o que a moral familiar que é a base da sociedade tem vivido por longos séculos!

      Excluir
  2. Essa mulher quer destruir nosso Brasil com essas leis, ela quer prejudicar a coisa mais linda que DEUS criou que é a família, meu Deus nos ajude,,faça justiça,,,tu és o nosso ADVOGADO!!!!

    ResponderExcluir
  3. Sou gay e não sou a favor de muitos pontos nessa lei! Acho um abuso certas coisas, mas tbm vcs tem de convir que os culpados de tudo isso são vcs religiosos com esse preconceito absurdo, e essa audacia de achar que deus é mais deus para vcs doque para nós... Na materia acima basta ler alguns paragrafos para constatar que esse texto esta inflamado de ódio, de preconceito e de maldade... Vocês não vão admitir, mas a mesma sensação que vcs estão tendo agora, os gays tem o tempo todo com os comentarios ofensivos de vcs, com pessoas como feliciano querendo que o mundo nos veja como doentes, com pessoas como mara, como silas, macedo... etc... Vcs atacam, discriminam, humilham, e acham que gay não tem sentimento, não tem coração... Pessoas como vc que escreveu essa materia cheia de segundas intenções, é que fazem desse mundo um lugar horrivél para se criar um filho... Repito, não sou a favor da lei por inteira, eu mudaria muita coisa nela, mas a atitude de vcs é a grande responsavel por essa classe estar acoada e atirando pra tudo que é lado. pimenta nos olhos dos outros é refresco né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sou cristã e concordo com você gostei do trabalho que o blog teve em separar os artigos para a população mas infelizmente não vou poder compartilhar por causa dos comentários que se misturaram ao texto. não podemos proceder desta forma que de certa forma é ofensiva aos outros. assim como apelidaram o projeto PDC 234 de cura gay sendo que na verdade só garantia o direito a procura psicológica ao homossexual assim como qualquer ser humano, estamos também apelidando a pl 122 de acabar com a família e ele vai muito além disso. de que adianta gritar contra se desse jeito só quem vai ouvir são os que concordam com agente. temos que saber apresentar argumentos que levem até a própria Marta à reflexão! pensem nisso. A Paz!

      Excluir
    2. Olá Francisco. Tudo bem. Sou evangélico e afirmo... Assim como existem gays e gays, existem crentes e crentes. Somos todos humanos, na verdade, cheios de falhas, de culpas, de defeitos e de qualidades. Nunca ofendi um gay, mas como cristão tenho meus principios. Tenho alguns amigos gays e admiro muito eles pelo caráter e pela sinceridade na amizade. Brinco com eles, eles brincam comigo, mas sempre com o respeito que cada um merece. O Deus criador nos ensina muitas coisas no Seu livro sagrado, principalmente a amar uns aos outros (que seu 2º maior mandamento). Desde Adão e Eva (os primeiros humanos criados nesta terra) Ele os deixou livres para viver (livre arbítrio). Muitos não entendem isso e acabam avacalhando com a liberdade dos outros. Como eu disse: Existe crente e crente, gays e gays... mas todos são gente e erram. Em nome dos crentes, nos perdoe pelos constrangimentos. Que Deus me abençoe, abençoe você e ilumine o Brasil... pois estamos chegando a uma batalha que não vem do natural. Nossa liberdade será suprimida cada vez mais com tudo isso. Logo estaremos vivendo num mundo em que ninguém pode fazer nada em liberdade. A liberdade custará muito caro. Abraço.

      Excluir
    3. O Blog esclarece:

      A matéria é fiel à íntegra e não se trata de editorial do blog. Porém, por questões de ética Cristã, decidimos retirar do texto as palavras inadequadas e que não estão de acordo com os princípios que adotamos. Consideramos alguns apontamentos e críticas ao Tom da matéria e por decidimos retirar os termos inadequados que davam um Tom Irônico e até preconceituoso ao texto, o que entendemos que pode prejudicar a seriedade e gravidade da notícia, levando o leitor a discussões em termos de preconceito e não, de fato, às questões importantes que o texto revela em relação a essa Lei e as discussões importantes e que não são do conhecimento da maioria do povo brasileiro.

      Reafirmo nossa posição de respeito a quem quer que seja, em relação ao exercício da cidadania, sem discriminação de orientação sexual, racial ou qualquer outro tipo de comportamento constitucional.

      Excluir
  4. O Blog
    Nenhum homossexual pode ser discriminado por quem quer que seja!

    Essa matéria foi postada com o objetivo de esclarecer pontos considerados absurdos na Lei, até mesmo por homossexuais conscientes da sua cidadania e do papel do Estado.

    Vivemos num país Laico e democrático! Isso significa que todos tem liberdade de crença e que o governo deve proteger as minorias, porém, democracia é governar pela vontade da maioria e nunca impôr os valores da Minoria sobre toda a sociedade, como acontece nesse caso.

    Cristão verdadeiros não discriminam ninguém, por razão alguma, mas respeitam as liberdades de escolha e o livre-arbítrio que é um princípio Cristão.

    O que é triste, é verificar que em alguns comentários (que rejeitamos), existe uma falta de respeito e abuso às liberdades individuais garantidas por nossa Constituição.

    Nenhum Cristão verdadeiro é homofóbico, porém, alguns ativistas LGBTT insistem em agredir, ameaçar e achincalhar os Cristão, desrespeitando a constituição que garante a liberdade de crença. Esses, desprezam a fé alheia, atacam a Deus e demonstram ódio ao comentar, porém, sempre se colocam na condição de vítimas, como se o fato de sofrerem por suas escolhas, lhes dessem esse direito.

    Cristãos verdadeiros são pacíficos e, por isso mesmo são um alvo fácil.

    Cristãos sinceros amam as pessoas independente de suas escolhas, sejam ateus, homossexuais ou quem quer que seja. Cristo é para quem crer!
    Jesus jamais discriminou quem quer que seja, porém, jamais desprezou os princípios de Deus.

    Cristão são mortos por fundamentalistas nos dias de hoje, como nunca na história da humanidade. Estima-se que só em 2012, mais de 200 mil cristãos foram mortos por sua fé no mundo todo, por esses grupos radicais.

    Queremos evitar que no Brasil, isso se repita. Em termos de perseguição, os cristãos são escolados!

    Queremos direitos iguais ao homossexuais, o que não aceitamos são privilégios, super-poderes, e o ataque aos cristãos que são feitos todos os dias por ativistas desse movimento que rotulam e se utilizam de práticas violentas, das quais eles dizem sofrer.

    Cristão são pessoas geralmente muito simples no Brasil, pessoas amorosas e que desejam propagar sua fé que liberta, salva e aproxima o Homem de Seu criador, que é em essência o Amor!

    Todos são muito bem-vindos nesse blog, desde que com respeito uns aos outros!

    Obrigado
    Blog: Portal das Novas Ideias
    Aluisio Nogueira




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esclarecimento: Cristão são mortos no Mundo de hoje por radicais religiosos (não cristãos ou sem religião) em número superior ao que ocorreu durante o império Romano e no Coliseu. Estima-se que só em 2012, mais de 200.000 Cristãos foram assassinados por esses grupos radicais religiosos ou não.

      Excluir
  5. Acho incrivel como os não cristãos/ sem religião/ homossexuais colocam palavras na nossa boca, de nós cristãos. Nós em nenhum momento falamos que Deus é mais Deus para nós do que para qualquer outra pessoa, Deus é Deus igual para qualquer ser humano. E que papo é esse de comentários ofensivos da nossa parte? Vejo muito mais pessoas não cristãs falando besteira e piadas a respeito dos gays do que nós! Sou cristã e tenho amigos gays, não concordo com PRATICA HOMOSSEXUAL, mas amo cada um dos meus amigos. Deus ama o pecador mas aborrece o pecado! É incrivel como as pessoas fazem uma tempestade agora sendo que nós cristão fomos excluidos desde o inicio da história e em nenhum momento entramos em um confronto exigindo leis e projetos para nos beneficiar. Acho que ta ficando um pouco demais essa história de "os cristão odeiam os gays", por favor né! Eu to cansada de ouvir as pessoas falando mal de nós cristão pegando como base o pensamento de UMA PESSOA.

    ResponderExcluir
  6. Eles falam que querem acabar com o preconceito dos religiosos mas eles não veem que estão criando um preconceito contra a familia essa mulher quer acabar com uma natureza humana que vem desde o começo dos tempos não devemos deixar isso acontecer

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Ao administrador do BLOG: Na verdade a liberdade de expressão está sendo, aos poucos, retirada da constituição Federal. Assim como o direito de ir e vir que já não existe, quando você é obrigado a pagar pedágios caríssimos para exercer esse "direito", quando você deseja ir a outras cidades do país.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Marcelo, pela liberdade de expressão devemos lutar com as armas legais e constitucionais. Entendo que jamais devamos abrir nossa constituição ou a qualquer solicitação de constituinte. Nossa constituição é a melhor do mundo e serve de base para as outras nações. Não podemos permitir que assolem a nossa Constituição Federal. Infelizmente, com a corrupção e perversão moral que vivemos nos meios políticos, abrir a Constituição para qualquer mudança representa um risco a liberdade de imprensa e a democracia em nosso país. Devemos ficar atentos, muito atentos aos movimentos do governo nesse sentido! Liberdade é um princípio básico da vida. Um abraço Aluisio Nogueira

      Excluir
  9. É COISA DE LOUCO E OS "LUCO SOMOS NÓS EVANGÉLICOS. O deus DESTE SÉCULO TEM REALMENTE CEGADO OS HOMENS INTELECTUAIS, POIS DIZEM QUE NÓS QUE NÃO CONCORDAMOS COM ISTO, ESTA ABERRAÇÃO SOMOS OS FUNDAMENTALISTA,PREGAMOS A DESTRUIÇÃO E VIOLÊNCIA. EXISTE VIOLÊNCIA MAIOR À NOSSA EXISTÊNCIA DO QUE ESTA? É COMO SE UM EXTREMISTA ISLÂMICO COLOCASSE UMA BOMBA EM NÓS PARA DESTRUIR A NOSSA CULTURA,A OCIDENTAL. MAS ELES NÃO PRECISAM, ESTAMOS NOS AUTODESTRUINDO. SOMOS AUTO DESTRUTIVOS COM "INTELECTUAIS" DESSE MODO NO PODER.

    ResponderExcluir
  10. Muito boa matéria, mas é importante diferenciar:

    PLC 122 é um projeto; Estatuto da Diversidade Sexual é outro.

    Embora ambos (e mais outros projetos por aí) tenham praticamente o mesmo objetivo: oficializar o autoritarismo gayzista como política de Estado e incrementar a perseguição a cristãos e a todos os cidadãos que contrariem a agenda gay.

    Abs.

    @livrexpress

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Não estava sabendo da PL122 vou pesquisar melhor sobre o assunto e fazer uma postagem alertando desta Lei que a Cobra da Marta Suplicy esta propondo

    ResponderExcluir
  14. Onde ja se viu. Se um pai pega seu filho de 5 anos sendo abusado por outro menino de 10. O Pai não pode repreender seu filho e nem o outro menino porque eles estão descobrindo a opção sexual??? Isso em outros tempos se chamava PEDOFILIA.

    ResponderExcluir
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Parceiros - Divulgadores - Blogs Femininos

Os melhores links FEMININOS Colmeia: O melhor dos blogs Tedioso: Os melhores links Linkerama: Os melhores blogs da Internet estão aqui! Seus links em um só lugar! Fake - O agregador de links mais Original da Net EuTeSalvo - Salvando os melhores blogs! Tecnogospel: Os melhores links evangélicos Clic+ Os Melhores Links da Internet para Você LinkLog Linka Blog Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!
Permissões

Você está autorizado a reproduzir e divulgar este material em qualquer formato, desde que informe o autor e a fonte, inclusive o nosso blog, sem alterar o conteúdo da matéria original e não utilizar para fins comerciais.

Importante

As opiniões e noticiais aqui divulgadas não refletem necessariamente nossa opinião. Por essa razão, as matérias polêmicas acompanham nossa opinião ao final da matéria. Nós divulgamos as notícias de forma imparcial, com o objetivo de que o leitor tire suas conclusões, porém, deixamos clara nossa posição pelo Genuíno Evangelho de Cristo.

Liberdade de Expressão

É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da "argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.

Seguir

assine o feed

siga no Twitter

Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

Recomendamos